Escolha uma Página

O setor de TI cresceu muito nos últimos anos. Segundo uma pesquisa divulgada pela Valor Economico, em comparação aos demais serviços do país, a área cresceu cerca de 8,3% em 2020. O resultado? Uma competição por profissionais qualificados no mercado mesmo em meio à crise. Neste cenário, aqueles que buscam especialização em algum tipo de sistema, se destacam entre os demais. Por esse motivo, um dos perfis mais cobiçados no mercado de TI é o especialista em sistema operacional Linux.

Por ser um sistema considerado essencial no meio corporativo de TI, a utilização das funcionalidades do Linux têm crescido consideravelmente — superando inclusive o convencional Windows da Microsoft. Mas, considerando a demanda do mercado, a quantidade de profissionais especializados neste sistema operacional ainda é pequena. Logo, se você está ávido por conhecimento e quer se tornar um especialista na área, veja nossas dicas a seguir.

O que é Linux?

Linux (também conhecido como sistema Pinguim) é um sistema operacional, como o Windows e o Mac OS. Este sistema -— um dos mais usados no mundo — permite a execução de programas em desktops e outros dispositivos. Diferente de seus concorrentes mais conhecidos, o Linux não foi criado para fins comerciais e seu software foi desenvolvido em código aberto, ou seja, qualquer pessoa pode usar e adaptá-lo da maneira que desejar. 

A criação do sistema operacional Linux teve a cooperação de milhões de desenvolvedores desde que surgiu e muitos aplicativos foram acrescentados desde então, para que hoje seja possível o uso do sistema em vários dispositivos e fins. 

Você sabia que o Linux está em praticamente todo lugar? No seu roteador de wi-fi, por exemplo. A internet é normalmente mantida por soluções em GPL e servidores com o sistema Linux.

3 Dicas para se tornar um especialista em Linux

1. Aprenda a administrar o sistema Linux

Para ser um profissional responsável pela configuração e manutenção de sistema Linux, você deve ter habilidades avançadas em administração de sistemas operacionais Linux, inclusive esta é uma exigência para qualquer função de alta hierarquia no setor de TI. 

Uma das principais certificações em Linux exclusiva para administradores de sistemas é o Linux Professional Institute Certification: System Administrator (LPIC-1). Por meio dele o profissional mostra ao mercado que tem as habilidades necessárias para atuar na área. O Certificado é reconhecido no mundo todo e é um diferencial para quem deseja se estabelecer no setor. 

2. Faça cursos e certifique-se

Busque por certificações Linux. Afinal, para qualquer área, estar atualizado exige aprendizado e requer desenvolvimento constante. Atualmente existem muitas opções de cursos (online e presenciais) para quem quer estudar o sistema do Pinguim, que vão desde os conhecimentos básicos até os mais avançados. 

Os cursos presenciais, no entanto, têm uma vantagem em relação aos online: eles são ótimas opções para conhecer profissionais experientes no assunto que podem se tornar futuros mentores de sua carreira em especialista em Linux. Neste link, tem algumas opções gratuitas com certificado para você começar. 

Não esqueça! Procure por uma formação Linux que esteja alinhada com seu propósito, mas não fique obcecado em tirar certificação hein? O importante é aprender e dominar o sistema, o certificado é consequência.

3.  Pratique, pratique e pratique!

Você já deve ter ouvido o ditado “a prática leva a perfeição”, não é mesmo? Esta frase ilustra perfeitamente a direção que o iniciante de Linux deve seguir. Praticar o que se aprende é a melhor maneira de fixar o conhecimento adquirido. E, para dominar o Linux também é fundamental. Portanto, assim que aprender algo novo, procure tarefas para pôr em prática seus conhecimentos.

Uma boa dica é começar a usar Linux em seu computador pessoal, do mesmo jeito que usa o sistema Windows hoje, sabe? Assim você começa a se familiarizar com o processador e consequentemente desenvolve uma bagagem importante para se tornar um administrador do sistema. Para ser um bom especialista é preciso começar de alguma forma, então comece em casa.

Gostou de nossas dicas? Então agora é com você!